Início » Notícias » Estudo QUDAL: portugueses preferem Mercedes

    Estudo QUDAL: portugueses preferem Mercedes

    Organizado pela suíça Icertias – International Certification Association GmbH, este estudo revela algumas surpresas sobre os portugueses

    23-06-2014 17:27:05

    Se o cidadão português médio tivesse á sua disposição uma quantidade ilimitada de dinheiro à sua disposição e pudesse tomar decisões baseadas apenas na sua percepção de qualidade, conduziria um Mercedes, teria como preferência musical a Mariza, os Xutos&Pontapés e os U2 e seria sócio do Sport Lisboa e Benfica.

    Estes são os resultados do primeiro estudo DEEPMA/QUDAL – QUality meDAL, realizado em Portugal e levado a cabo pela Icertias – International Certification Association GmbH. Esta organização, sediada em Zurique, realizou este estudo durante o mês de maio, através de um questionário online com base numa amostra de 1200 portugueses com idades acima dos 15 anos.

    O estudo QUDAL é abrangente e colocou em questão Maios de cem categorias comerciais e não comerciais. Exemplos? Qual o melhor leite, o melhor carro, o melhor cantor e por ai fora. Passadas quatro semanas, os dados foram compilados e estão já disponíveis para análise.

    Convirá lembrar que o Estudo QUDAL- QUality meDAL tem como objetivo destacar e popularizar a importância da qualidade, sendo destacado pela Icertias que “com o projeto QUDAL, pretendemos chamar à atenção dos consumidores para o facto de que merecem viver melhor e devem exigir a melhor qualidade do mercado pelo seu dinheiro. “O direito à qualidade e a uma melhor qualidade de vida é particularmente importante hoje em dia, sobretudo num ambiente global exigente” sublinha a organização suíça.

    Não espanta, pois, que o Estudo QUDAL – Quality meDAL mostre uma imagem completamente diferente de Portugal, pois questionou os lusos sobre o que comprariam sem problemas de dinheiro e com prioridade absoluta à qualidade dos produtos a adquirir. Assim, desta forma, o estudo não avalia a quota de mercado ou o poder de uma marca, apenas a opinião e o desejo dos consumidores.

    Quando questionados “Indique o nome do fabricante ou concessionário que, de acordo com a sua experiência e opinião pessoal, oferece a melhor qualidade no mercado português” a maioria dos inquiridos escolheu a Mercedes. No desporto, Cristiano Ronaldo é o jogador com maior qualidade e o Sport Lisboa e Benfica é o melhor clube do Mundo em todas as modalidades, respostas, recordamos, dadas por uma amostra significativa de portugueses da classe média.

    Relativamente à qualidade das pessoas, projetos, organizações, etc., os inquiridos no Estudo QUDAL Portugal colocaram em primeiro lugar o S.L. Benfica na categoria "melhor clube desportivo Português" (independentemente da modalidade desportiva), enquanto Cristiano Ronaldo foi considerado o melhor na categoria dos melhores desportistas em Portugal.

    Como grupo musical português de maior qualidade, a maioria dos inquiridos portugueses no Estudo QUDAL nomeou os Xutos & Pontapés, e na categoria "melhor cantor/a portuguesa" Mariza ocupa a primeira posição.

    Na categoria comercial do Estudo QUDAL, os portugueses nomearam, por exemplo, como os fornecedores da melhor qualidade: Danone (categoria: iogurte); Zara (categoria: cadeia de vestuário); Samsung (categoria: telemóveis); Nivea (categoria: creme facial); Apple (computadores portáteis); Adidas (vestuário e calçado desportivo); Caixa Geral de Depósitos (banco); Pedras (água mineral), Continente (loja online) etc.

    O Estudo QUDAL - QUality meDAL - Portugal 2014/2015 ( www.qudal.com) foi realizado pela organização suíça ICERTIAS - International Certification Association GmbH (www.icertias.com) no território da República Portuguesa em maio de 2014, utilizando um inquérito online e o método CAWI - DEEPMA (Computer Assisted Web Interviewing - Deep Mind Awareness). Participaram neste estudo 1.200 cidadãos portugueses com idade acima dos 15 anos, utilizadores da internet. O Estudo QUDAL foi realizado na língua oficial do país em questão, ou seja, em português. O inquérito abrangeu todo o território da República Portuguesa. 

    Comentários:

    PUB
    Pesquisa rápida